quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

28 de Dezembro de 2016

O retorno de Maria Metálica - Lorena Rocque

Olá queridos leitores hoje trago a continuação de um livro que já realizei a resenha no blog que é o Resgate de Maria Metálica. O livro da continuação se chama "O retorno de Maria Metálica" da autora Lorena Rocque, confiram:

RESENHA

Neste segundo livro Maria Metálica ela se envolve em uma arriscada missão onde é de salvar a jovem Alina das mãos de Lucius assim voltando ao planeta Terra onde ela aprende a utilizar seus poderes e fica mais segura de si e tendo a ajuda de Maria Quitéria e as bruxas do bem onde estão bem mais fortes e descobrindo seus poderes. Maria Metálica e as bruxas tem como objetivo colocar um fim no mal que ocorre no planeta Terra. Maria Metálica irá conseguir salvar Alina? O mal irá acabar de um vez por todas? Só lendo para entender!!!
COMENTÁRIO
Queridos leitores não quis dar muito spoiler por conta da grande emoção que o conteúdo do livro tem, com isso vocês acabariam não tendo a mesma reação de alegria e surpresa que tive. O livro é realmente muito fantástico já havia terminado de ler a um bom tempo mas infelizmente veio a ser postado hoje, mas agradeço a autor Lorena pelo belíssimo livro amei todo conteúdo do primeiro e agora o segundo um enorme sucesso beijos.


Share this Post Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

domingo, 17 de julho de 2016

16 de julho de 2016

RESENHA #16 - ”O RETORNO DE MARIA METÁLICA – UMA AVENTURA NO SUBMUNDO” – (LITERATURA NACIONAL)

LIVRO:”O RETORNO DE MARIA METÁLICA – UMA AVENTURA NO SUBMUNDO” – (LITERATURA NACIONAL)

SÉRIE:”MARIA METÁLICA” – LIVRO 2

AUTORA: LORENA ROCQUE
EDITORA: CHIADO
PÁGINAS –304
1ª  EDIÇÃO MARÇO/2015
CATEGORIA: FICÇÃO CIENTÍFICA
ASSUNTO: FICÇÃO
ISBN: - 978-989-51-2602-6


CITAÇÃO:” Na hora do espetáculo, o teatro foi tomado por uma luz vermelha e azul que parecia vir de holofotes. Quando as cortinas se abriram, o palco estava lindamente enfeitado. [...]” (pág. 137)
ANÁLISE TÉCNICA:
-CAPA-
Uma parte de Marte abaixo do título e acima, parte da lua e a Terra.
Bem adequado a todo enredo do livro.
Feita por Prasad Siva.
(nota:4,80  de 5,00)
-DIAGRAMAÇÃO:

Letras pretas, medianas e de fácil leitura com folhas amareladas e margem demarcada dos dois lados.
Conteúdo: agradecimentos; são 27 capítulos numerados e com títulos.
A diagramação é simples, porém bem eficaz.
Composição gráfica: João Pedro – Departamento gráfico
Impressão e acabamento: Chiado Print.
(nota: 4,80 de 5,00 )
- ESCRITA:
Narrativa descritiva em 3ª pessoa e com diálogos dinâmicos.
A escrita da autora é bem contemporânea, direta e de fácil entendimento, o que prende o leitor do início ao final e causando interesse durante todo desenrolar da história.
Um ou dois pequenos erros que não atrapalham em nada a leitura, o que até me surpreendeu, já que a Editora é de Portugal e esperei que a correção pudesse dar problemas, o que não aconteceu.
Revisão feita por: Jamal Boudrioua.
(nota:4,80  de 5,00)
CITAÇÃO: “Agora, era chegada a hora realmente de achar as bruxas. Onde será que se encontravam naquele exato momento? Pois nenhuma delas se havia comunicado telepaticamente até agora! [...]” (pág. 207)
RESUMO SINÓPTICO:
Maria Metálica é uma marciana que retorna a seu planeta para novos conhecimentos e amadurecimento ao lado dos pais e irmão, após ter passado uma temporada na Terra.
Maria Quitéria é fiel companheira de Maria Metálica, é uma bruxa do bem e ao lado de mais 13 bruxos bondosos, enfrentará a força do mal no submundo sob o controle de Lucius.
Lucius é o poderoso Mago das Trevas, carregado de mistério, artimanhas e ameaças. Tem planos diabólicas para dominar o mundo e não tem piedade em aniquilar qualquer um que atravesse seu caminho e tente impedi-lo de alcançar seus objetivos.
Em sua nova jornada, repleta de viagens intergalácticas, mundos extraordinários e criaturas quiméricas, a jovem Metálica retornará ao planeta Terra sozinha em sua nave espacial e, ao lado de seus amigos, ainda deverá ajudar uma jovem da Cidade do Cimento a libertar-se dos domínios do mal e encontrar seu verdadeiro caminho.
ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:
Como boa aficionada de ficção científica, embarquei na nave de Maria Metálica e viajei por toda aventura ao lado das bruxas e do Mago do Mal com toda sua tecnologia avançada.
O enredo envolve vários aspectos além da própria ficção. É um livro voltado para o cumprimento de uma missão, onde a protagonista está mais madura e cada vez mais inteligente, onde a bondade domina e mostra que sempre vence o mal.
O mais envolvente no livro são as aventuras vividas e a forma como tudo vai se solucionando aos poucos e de forma crível, que o leitor pode acreditar em tudo que está sendo explanado.
E a sedução do processo ficcional mostrado, da evolução tecnológica tanto em outros planetas como a utilização dessas tecnologias na Terra são fascinantes. Fiquei totalmente envolvida com a leitura e devorei cada página com avidez.
A criatividade da autora me tomou por inteiro. Fazia tempo que não lia um boa ficção científica.
Recomendo a leitura que além de tudo é leve e divertida!
NOTA : 4,80 de 5,00



SOBRE O AUTORA:

PARCERIA COM ESCRITORA LORENA ROCQUE


Natural do estado de São Paulo, mora atualmente no Rio de Janeiro. Atua como Radiestesista e Cromoterapeuta desde 1999. Já publicou o primeiro volume da trilogia “Maria Metálica” sob o título: “O Resgate de Maria Metálica”. Agora, dá continuação a série com este segundo volume, publicado pela Chiado Editora.

CORTESIA DA AUTORA!

CHEIRINHOS
RUDY

sábado, 14 de maio de 2016


Verdades de um Ser




O resgate de Maria Metálica – Lorena Rocque [Livro]

Resenha elaborada por Alberto Valença de Lima (06-Maio)







Lorena Rocque oferece, em 27 capítulos, uma história cheia de emoções e perigos vividos por uma bruxa do bem, uma das mais antigas da Terra e conhecedora de muitas magias. O resgate de Maria Metálica conta a “história de Maria Quitéria, que é uma bruxa do bem,  enviada às profundezas da Terra, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa – Maria Metálica”, uma menina oriunda do planeta Marte. Ela se encontrava no castelo de um mago do lado negro da Força há muitos anos, e era chegada a hora de sua libertação. O leitor fará uma viagem ao submundo do mal, onde conhecerá as artimanhas dos que lutam do lado negro da Força e os desafios vividos pelas personagens nas diversas cidades que constituem este submundo. Também verá como agem as forças do bem.
Obs. Os textos em itálico no parágrafo acima são citações do resumo fornecido pela autora.
Print

Dados bibliográficos:

O resgate de Maria Metálica, Lorena Rocque, Coleção Viagens na ficção, Chiado Editora, Lisboa, Portugal, 2014, 154p.
  • ISBN:  9895113544
O livro se constitui de 27 capítulos, nos quais Lorena oferece ao leitor uma verdadeira viagem às profundezas da Terra.
O livro é agradável mas é muito bobinho. Não sabendo ainda no início da leitura o objetivo da autora assim escrevi no histórico de leitura do Skoob: uma coisa há que se destacar neste livro: a quantidade de termos de magia que a autora lança mão é surpreendente. Isso é o lado positivo mas, infelizmente, tem também o lado negativo. Há algumas palavras usadas sem significado algum. Se fossem substituídias por outra semelhante mas que daria sentido à frase, tudo ficaria bem, dando a entender que a autora desconhece o significado daquela palavra usada e que, gostaria de ter usado a outra semelhante mas com um significado completamente diferente. Por exemplo: Na frase “(…) inúmeros pós mágicos para mobilizar e neutralizar mentalmente seus adversários.” Creio que a autora quis usar a palavra imobilizar ao invés de mobilizar pois, se os pós mágicos fossem mobilizar os adversários, eles ficariam mais perigosos. Mobilizar significa por em ação, movimentar-se em prol de uma atividade, por em circulação. Evidentemente, não é isso que  a bruxa deseja fazer com seus inimigos mas sim, imobilizá-los, o que significa torná-los imóveis, estáticos, sem ação. E como esta, existem várias outras palavras aplicadas inadequadamente o que, de certa forma, prejudica um pouco o livro.
Maria Metálica é uma menina que, até cerca de metade do livro, ainda não foi desvendado seu verdadeiro papel na história. Ela está presa por um mago do mal num castelo cheio de defesas. Ele pretende sacrificá-la numa missa, cuja finalidade ainda não se sabe, nesta altura da história.
Maria Qutéria é uma bruxa do bem que tem a missão de libertar a menina pois ela tem um importante papel na história da humanidade. Para isso, há a inclusão de outros personagens como bruxas do mal e do bem, elfos, e a velha e conhecida luta do bem contra o mal. A história passa a se tornar interessante depois da metade do livro e a leitura é ´fácil, embora já comecem a aparecer também, várias falhas de revisão.
O livro só começa a ficar um pouco mais interessante na sua terça parte final, com a proximidade do resgate de Maria Metálica. Uma coisa que achei negativa no livro é o próprio título pois, não há suspense algum, uma vez que se sabe que a menina será resgatada.
Maria Mestalica-tatuagem
Lorena é natural do Estado de São Paulo mas, atualmente mora no Rio de Janeiro.  Atua como radiestesista e cromoterapêuta desde 1999. Este é o seu livro de estréia e, em 2015, publicou o segundo livro da série intitulado O retorno de Maria Metálica que, em breve, farei também aqui comentários sobre ele. O terceiro livro da trilogia ainda está por vir e não sabemos ainda o título deste último volume da trilogia Maria Metálica. O que podemos informar é que em breve virá um livro desvinculado desta trilogia – Meu doce golpista – romance que está em vias de ser lançado.
Por ocasião do lançamento do livro Lorena fez uma tatuagem na mão/braço, como vocês podem ver na foto acima. O próximo livro tem a capa conforme a foto abaixo.
volume2 - Maria Metalica
Para contato com a autora há vários canais. A própria página do livro, cujo link disponibilizo abaixo, o Facebook da autora cujo link também disponibilizo e ainda um blog do livro ou o Twitter da autora. O livro também pode ser encontrado na Livraria Cultura.
É um bom livro mas peca pelos erros de revisão. Mereceu 3 estrelinhas.

domingo, 24 de abril de 2016




  • Dia 24 de Abril de 2016

    livrosqueeuli 

    RESENHA ESCRITA POR MICHELLE
    LIVRO: O resgate de Maria Metálica
    AUTORA: Lorena Rocque
    EDITORA: Chiado
    PÁGINAS: 154

    Quando vi que o livro era sobre o resgate de uma menina marciana com grandes poderes não imaginei o quão fofo seria o livro.
    Também não imaginei que encontraria criaturas fantásticas como bruxas, magos, fadas e elfos. Sinceramente, amei essa diversidade e mergulhei de cabeça na fantasia.
    Eu poderia contar o livro todo para vocês, mas quero, de verdade, que cada um leia essa obra maravilhosa.
    A autora não poupou detalhes sobre os lugares e personagens, dando sempre toques de magia e suavidade.
    A Maria Metálica foi sequestrada quando ainda era um bebê por uma união entre um mago do mal e reptilianos, mas cada um tinha um plano para a criança. Metálica ficou presa no submundo por anos e o início do seu resgate só foi possível quando a bruxa do bem Maria Quitéria recebeu essa missão. Quitéria rapidamente juntou-se a mais seis bruxas boas e partiu em busca da menina.
    Entretanto foram muitos os desafios encontrados no submundo. Muitas forças e seres conspiraram para que o resgate não ocorresse e Lucius (o mago que raptou Maria Metálica) não pretendia abrir mão da menina, pois ele planejava transferir todo o poder dela para si.
    Ela era uma criatura muito poderosa e possuía um grande encantamento sobre as pessoas, pois emanava grande pureza e transmitir coisas boas.
    Mesmo estando longe de seu planeta natal, sempre se conectava com sua família através de sonhos e treinamentos. Dessa forma, nunca sentiu-se sozinha, sabia que um dia uma bruxa do bem viria resgatá-la e que ela ainda desempenharia um grande papel
    Vê-se constantemente a luta entre o bem e o mal, a importância de se ter ao lado pessoas positivas e o valor de sempre seguir o caminho correto.
    Mal vejo a hora de iniciar a leitura do segundo livro da trilogia, entitulado "O retorno de Maria Metálica"!😍 Sobre a autora, Lorena Rocque, só tenho elogios a fazer. Às vezes a gente se encanta por pessoas que nunca viu, e a Lorena me encantou muito.
    Em sua dedicatória me desejou "maravilhas sem reservas", é o mesmo que desejo a ela!
    Espero que cada um de vocês possa conhecer suas obras e se encantar, como eu me encantei.

  • livrosqueeuli#livro #livros #book #books #leitura #resenha #parceria

  • lorenaralha😀😀Obrigada!!!!




  • Unlike

    quarta-feira, 23 de março de 2016

    23 de março de 2016

    Resenha feita por Fabiana

    O Resgate de Maria Metálica - Lorena Rocque

    Olá queridos leitores hoje estou trazendo o primeiro livro da trilogia da escritora Lorena Rocque que se chama "O resgate de Maria Metálica", simplesmente fantástico confiram:


    Autora: Lorena Rocque
    Ano de Lançamento: 2014
    Número de páginas: 151
    Editora: Chiado Editora
    Redes Sociais:
    SITE
    FACEBOOK
    INSTAGRAM

    SINOPSE
    Maria Quitéria, uma bruxa do bem, foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa, Maria Metálica. Ela se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. E era chegada a hora de sua libertação.
    RESENHA
    O livro se inicia quando Maria Quitéria uma das bruxas mais antigas da face da Terra vai resgatar Maria Metálica do submundo com a ajuda de aliados conhecidos e outros pelo caminho, onde a bruxa Maria Quitéria é do bem e conhecemos um pouco de sua vida, dos bruxas benignos e de suas aventuras combatendo o mal. Quitéria se disfarça assim se transformando na Ludmilla onde se infiltra no circulo de bruxos do mal e conhece Petrus um bruxo onde precisa convence-lo de que é apenas uma jovem ingenua e escondendo assim sua natureza má. 
    Muitas coisas acontecem ao decorrer do livro que só lendo para entender o envolvimento que acaba gerando entre o leitor e o livro.

    COMENTÁRIO

    Um livro fantástico com suspense, história envolvente e com uma capa mais que perfeita! Amei a história e estou louca já para ler sua continuação (risos!). Parabéns Lorena pelo incrível trabalho e agradeço a confiança com a Leitura Rosa, beijos!


    sábado, 6 de fevereiro de 2016

     


    Resenha: "O Resgate de Maria Metálica" (Lorena Rocque)

    Sinopse: Maria Quitéria, uma bruxa do bem, foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa, Maria Metálica. Ela se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. E era chegada a hora de sua libertação.
    O leitor fará uma viagem às profundezas da Terra, onde conhecerá as artimanhas do mal e os desafios vividos pelas personagens nas diversas cidades do submundo. Também verá como agem as forças do bem. Fonte: SKOOB

    Por Eliel: Pelo título você deve achar que quem é a protagonista é Maria Metálica, não é mesmo? Está errado, o foco nesse primeiro livro (sim, é uma trilogia) é Maria Quitéria que é uma das bruxas mais poderosas da Terra e ela é uma Bruxa do Bem. Logo nas primeiras páginas somos apresentados ao mundo mágico onde vivem as bruxas, sua sociedade, a vida de Maria Quitéria e inumeros outros detalhes que irão nos nortear nessa aventura no submundo.

    Maria Quitéria recebe de seu mentor Arco-Íris a missão de resgatar Maria Metálica das garras dos bruxos do mal que vivem no submundo. Maria Quitéria se disfarça de uma jovem bruxa ingênua, Ludmilla, para tentar entrar no submundo. E quem parece ajudá-la é Petrus um bruxo que esconde suas verdadeiras intenções. É hilário vê-los esconder suas verdadeiras naturezas, acredito que seja uma das melhores partes da narrativa.

    A viagem aos domínios de Lucius, o mais poderoso mago do mal, é cheia de obstáculos e cenários formidáveis. O submundo, apesar de ser um lugar horrível, é como uma cebola com suas camadas, cada novo cenário é um lugar único com suas particularidades.

    Em uma noite de inverno, sonhei com uma cidade subterrânea. E esse sonho terminou no papel...

    E essa aventura ultrapassa os limites terrestres e envolve até outro planeta do sistema solar, lugar de origem de Maria Metálica. Lorena ultrapassou os limites da sua própria criatividade e amarrou tantos temas diferentes em um só pacote que tem uma conexão tão clara que nem parece que em outro momento seriam como água e óleo.

    O primeiro volume é rico em personagens verdadeiros e complexos, parabéns para Lorena que os construiu com maestria. A história é muito boa, leve, cheia de ação e suspense, só senti falta de um trabalho mais profunda da parte da revisão que poderia ter lapidado esse diamante para ter um brilho ainda maior. Porém, é um livro agradável que vale a pena a leitura.

    P.S.: Quase esqueci de falar dessa capa!!! Linda né? Sabe quem fez? A filha da Lorena, que fofa né?

    Curta o Dear Book no Facebook
    Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta

    Se gostou do livro você pode comprá-lo aqui.

    quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016


    Resenha: "O Retorno de Maria Metálica" (Lorena Rocque)

    Sinopse: Maria Metálica está de volta para mais uma aventura fantástica e emocionante, repleta de novos perigos, encontros, desafios e fortes emoções. A intrépida marciana, agora muito mais forte e consciente de seus poderes mágicos, irá juntar-se a sua fiel companheira, a bondosa bruxa Maria Quitéria, e a outros treze bruxos do bem em sua corajosa luta contra as tenebrosas forças do mal.Nesta nova etapa de sua incrível jornada, repleta de viagens intergalácticas, mundos extraordinários e criaturas quiméricas, a jovem Metálica retornará ao planeta Terra sozinha em sua nave espacial e, ao lado de seus amigos, descerá às profundezas do nefasto e perigoso submundo, onde se deparará com grandes mistérios e ameaças, pois Lucius, o poderoso mago das trevas, será finalmente revelado e tentará consumar seus planos diabólicos de uma vez por todas, mesmo que, para isso, tenha que aniquilar qualquer um que atravessar seu caminho.Nossa heroína e sua turma ainda deverão ajudar uma jovem da Cidade do Cimento a libertar-se dos domínios do mal e encontrar seu verdadeiro caminho.Embarque nessa fabulosa história, plena de magia e fantasia, e deixe-se envolver por um enredo que certamente vai instigar as mentes mais imaginativas e sonhadoras; um verdadeiro convite a um incrível e surpreendente universo paralelo povoado de bruxas, fadas, magos, alienígenas e robôs.Fonte: Skoob


    Por Eliel: Se você chegou nessa resenha provavelmente já deve ter lido ou se interessado pelo primeiro volume, O Resgate de Maria Metálica
    Depois de ter passado por grandes aventuras no submundo ela volta para mais aventuras, que incluem viagens entre planetas, bruxas, bruxos e fadas. Com a ajuda de seus amigos ela volta ao submundo para enfrentar o mal e poderoso Lucius.

    Se vocês gostaram do inicio das aventuras dessa marciana, só tenho a dizer que a continuação é bem melhor do que o primeiro volume. Tenho preconceito com continuações, mal de Disney (eles não sabem fazer continuações para os clássicos - minha opinião), mas achei incrível a evolução da saga e aguardo a continuação para ver onde essas páginas vão me levar.

    A revisão fez um trabalho melhor do que no primeiro volume, afinal as ideias de Lorena para essa trilogia é ótima só precisou de uma lapidada nesse diamante bruto. Continue assim e garanto que teremos um desfecho surpreendente.

    Se gostou dessa resenha pode adquirir o livro aqui.

    Curta o Dear Book no Facebook
    Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta

    terça-feira, 5 de janeiro de 2016


    volume2

    O Retorno de Maria Metálica | Resenha

    Terminamos a leitura de O Retorno de Maria Metálica, de Lorena Rocque. Em agosto, a autora deu uma entrevista para o Elefante Voador como você pode conferir neste link. A Lorena disponibilizou um exemplar do livro e nós fizemos uma resenha bem bacana que você pode conferir abaixo:

    Introdução

    PrintNo primeiro volume (O Resgate de Maria Metálica), a bruxa Maria Quitéria foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa: a Maria Metálica. Ela foi raptada ainda bebê e se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. Após muitas dificuldades e obstáculos, Quitéria e outras seis bruxas finalmente chegam ao local onde Maria Metálica está confinada. O primeiro volume é cheio de aventuras e suspense!
    A menina possuía no dorso de sua mão esquerda o nome METÁLICA tatuado em azul.
    Se você quiser se aprofundar no primeiro volume e conhecer mais sobre a Maria Metálica, o livro está a venda na Livraria Cultura.

    Resenha de O Retorno de Maria Metálica

    Já no segundo volume, Maria Metálica ou Kilya (seu verdadeiro nome) está em segurança com sua família retornando para seu planeta natal: Marte. Bem longe do Mago da Capa Preta e do seu Castelo do Mal no submundo.
    O início do livro conta a adaptação de Kilya com suas novas características e com seu novo lar, ela impressiona-se com o quão deslumbrante e acolhedor é o seu planeta de origem. Ao contrário dos terráqueos, os marcianos tem uma relação muito respeitosa com o meio ambiente e os recursos naturais. Não interferem no funcionamento do planeta de forma invasiva pois entendem que tudo tem o seu porquê de existir. (Achei esta mensagem muito bonita, — Cintia).
    (…) os marcianos tinham um cuidado enorme para não tirar o mérito de ninguém; eles ajudavam todos, pois, para eles, os habitantes do coração de Marte formavam uma só família.
    Paralelo a isto, os reptilianos buscam uma maneira de dominarem o planeta Terra, uma vez que seus planos iniciais foram frustrados: eles pretendiam sequestrar Maria Metálica para realizar experiências e aperfeiçoar sua própria raça com as características marcianas. De outro lado, a bruxa Ékasi continua com planos de ter ser próprio império e conquistar o submundo.
    Passado algum tempo, desta vez, Maria Metálica é quem recebe a missão de voltar ao planeta Terra resgatar alguém: a jovem Alina que está nas mãos de Lucius, o Mago da Capa Preta. É claro que ela vai contar com a ajuda de Maria Quitéria e as bruxas do bem, além de estar mais forte e descobrindo seus poderes.
    volume2 (1)
    Maria Metálica e suas aliadas precisam colocar fim no mal que acerca o planeta Terra de uma vez por todas, ou seja, já da para perceber que neste livro você pode esperar por muitas aventuras, intrigas e reviravoltas. E isto é apenas o começo!
    É tudo muito lúdico na narrativa de Lorena Rocque. Ficamos surpresa com o fato da autora conseguir misturar tantos elementos como bruxos, magos, fadas, robôs, extraterrestres, seres exóticos, e, ainda sim, parecer que tudo se encaixa perfeitamente. Tanto na construção dos personagens como na descrição dos cenários há muita criatividade envolvida.
    Há muitas mensagens bonitas no livro, separamos algumas que não revelam sobre o enredo, nem dão spoilers e gostamos bastante 😉
    – Amorosa sempre dizia que devemos seguir nosso coração independentemente de nossa realidade no momento, pois, quando há amor e entrega no que fazemos, a realidade pode subitamente se tornar outra.
    Encontramos até um elefante no texto *.*, que tem uma mensagem linda, que combina muito com o Elefante Voador 😀
    De repente, todos avistaram um lindo animal cor-de-rosa passeando no bosque: era um elefante da tribo dos trançados que tivera sua cor transmutada em função de um pensamento carinhoso. Por sentir-se grata, a elefanta transmitia muito amor a todos.
    E mais uma mensagem sobre os marcianos que nós, terráqueos, deveríamos pensar:
    Os marcianos tinham um respeito sobrenatural com os vegetais e tratavam-nos como se fossem pessoas especiais.
    Sobre o enredo, opinião da Isis:
    O enredo é bem diferente do que estamos acostumados, a narrativa é interessante, mas senti falta de mais diálogos nos parágrafos. Ao invés de ter um “travessão” indicando a fala, havia a explicação da fala do personagem. — Isis.
    Sobre a narrativa, opinião da Cintia:
    Cada novo parágrafo traz dezenas de novas informações. As vezes leva tempo para digerir tanta coisa. Não é uma leitura rápida, é um livro para ser lido pouco a pouco a cada dia para não ficar cansativo. — Cintia.
    O último capítulo nos surpreende, Maria Metálica e as bruxas do bem conseguem um desfecho para Alina, porém, o mago Lucius ainda há de aprontar poucas e “boas” (malvadas) aventuras. Ficou um suspense e um “gancho” para descobrirmos apenas na parte 3 da trilogia de Maria Metálica. (Uou!)